Loading...

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Analisando a Música - Novo




Elevo os olhos para o monte de onde meu socorro vem.
A esperança pressupõe a espera, logo vem O Rei
A Palavra iluminará, o caminho estreito ao lar.
A promessa não falhará.

Mas à meia-noite o céu se abre no horizonte
A Luz que enche a terra, é O Rei
Acordam os que dormem no Senhor
O choro torna-se em louvor e todo o olho o vê

Se a morte me silenciar ainda não é o fim.
Minha fé não vê um Cristo morto, mas que ressurgiu.

E a canção do Cordeiro vai,
Ressoar como alto mar:
"Justos são os Teus caminhos Pai!"

Mas à meia-noite o céu se abre no horizonte
A Luz que enche toda a terra, é O Rei.
Acordam os que dormem no Senhor
O choro torna-se em louvor e todo olho o vê.

Vê O Cordeiro de Deus que está em Seu santo trono.
Veja, tudo se fez novo.

Mas à meia-noite o céu se abre no horizonte
A Luz que enche a terra, é O Rei
Acordam os que dormem no Senhor
O choro torna-se em louvor e todo o olho o vê

O  vê!
Veja, tudo se fez novo.



Canção do Tiago Arrais interpretada pelo Leonardo Gonçalves, uma revelação do Grande Dia, baseada na Palavra de Deus.
A mensagem se inicia citando o Salmo 121. Nela o Salmista faz uma pergunta já ciente da resposta. "O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. A esperança está depositada no Senhor que nos protege, cumpre todas as suas promessas e nunca falha (Salmos 46).
Através do seu Santo Espírito e das promessas contidas em sua Palavra (1 Coríntios 1:5-9) seremos guiados pelo caminho que leva à vida (Mateus 17:13-14). Uma vida eterna junto ao Rei, afinal, foi ele mesmo quem prometeu (João 14:1-3) e temos a certeza de que a espera não é em vão (Tiago 5:7-8).
A bíblia se completa e se confirma maravilhosamente! Uma profecia do proveta Isaías que viveu a cerca de 700 anos antes de Cristo, é também uma revelação dos últimos dias (Isaías 30). Pode conferir!!!
Depois, o próprio Jesus Cristo anunciou que voltaria para buscar a Igreja, e como as virgens prudentes, deveríamos estar preparados, pois se ele vier à meia-noite, quando se menos espera, ainda assim estejamos prontos (Mateus 25). À partir daí, a canção nos traz uma alusão ao arrebatamento da Igreja, onde os que já morreram (que dormem no Senhor) ressuscitarão e os que estiverem vivos terão os corpos transformados e e se encontrarão com o Mestre nos ares (1 Tessalonicenses 4:13-18). Nós O louvamos pois É Fiel e Justo (Deuteronômio 32:3-4).  Então voltaremos com ele (Judas 1:14) em glória (Mateus 24:29-30) e todo o olho o verá (Apocalipse 1:6-7).
E nós, herdeiros do Senhor! Veremos um novo céu e uma nova terra! Habitaremos com Deus, não haverá mais morte, nem tristeza e nem dor (Apocalipse 21:1-7). Pela fé estaremos lá e ouviremos o Pai dizer:
TUDO SE FEZ NOVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!




sexta-feira, 17 de maio de 2013

10 anos!!!!! Bodas de Estanho!!!!!!


10 anos de casados! No dia 17 de Maio de 2003 dissemos sim e hoje temos um fruto deste amor, nossa linda filhinha,  que me perguntou:
__ Pai, vocês vão fazer aniversário até quando? Até ficarem velhinhos?
Eu respondi que o meu desejo é de comemorar até que Jesus volte, pois melhor do que "até que morte os separe", é "até a vinda de Cristo".


Estamos fazendo Bodas de Estanho ou Zinco. Prefiro que seja de estanho, já que é o metal em que tenho mais conhecimento. Trabalho no ramo de rede de acesso de telefonia já faz 15 anos e, neste período, tenho convivido com o estanho de uma maneira constante. No começo da minha carreira, eu trabalhava em DGs (Distribuidores Gerais de Telefonia) e as conexões eram feitas por fios de cobre cobertos por solda de estanho. Eu tinha que soldar cada terminal que era instalado, quase que todos os dias. Depois passei a trabalhar como cabista. A rede subterrânea era composta por cabos telefônicos onde a capa era feita de polietileno ou polipropileno e chumbo. Nas emendas eram usadas "luvas" de chumbo (cilindros) em que se fechavam com solda composta de chumbo e estanho. Hoje continuo usando o estanho para soldar conectores de cabos coaxiais, bem mais sensíveis mas que conduzem links de alta velocidade para dados.

O estanho liga-se facilmente com quase todos os metais.  O estanho é um metal não-tóxico, mole e dúctil, altamente fluido em estado líquido. O baixo ponto de fusão facilita seu uso como revestimento para proteger metais contra oxidação. Reage com ácidos e bases fortes, mas é relativamente inerte frente a soluções neutras. A cor branco-prateada se mantém mesmo quando o estanho é exposto à intempérie, porque o metal forma uma fina película de proteção ao reagir espontaneamente com o oxigênio. É um ótimo condutor de eletricidade. Aliado ao cobre, produz o bronze; aliado ao chumbo, serve para fabricar cerâmica e solda muito fusível.

Deus tem sido como um estanho no meu casamento! Ele se funde a nós, dando-nos um revestimento que nos protege contra a oxidação(desgaste) que vem com o tempo. Isso faz com que o brilho do nosso amor, mesmo exposto às condições adversas do dia a dia continue graças à sua proteção. Pois ele quem nos conduz.

Que a cada ano possamos estar sempre juntos e que a beleza das pedras-preciosas ou a força do metais nobres seja como a beleza do nosso amor e a força de Deus agindo em nossa vida.
Elizane, eu te amo!



Que lindo! Minha princesa cantando em homenagem à minha rainha!!!!!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Luciano Moura - Homenagem ao dia das mães



Toquei esta linda canção para homenagear além das lindas mães da minha Igreja, especialmente pra minha amada mamãezinha. Interpretação cheia de emoção do Luciano que me contagiou. Música do Sérgio Saas gostosa de tocar!!!!