Loading...

domingo, 30 de dezembro de 2012

Analisando a Música - Confiarei





Eu não tenho que andar ansioso.
Se vou ter o que comer ou vestir.
Se o Senhor veste os lírios do campo,
O que mais não fará por mim?

Eu não tenho que andar preocupado
Com os cuidados e males do amanhã,
Pois até aqui o Senhor me sustentou.

Confiarei em Ti, Senhor.
Minha esperança está em Ti.
Não há maior prazer do que saber,
Que o meu Deus cuida de mim.

Meu futuro está seguro em Tuas mãos.
Não importa a circunstância
Permanecerei firmado nas promessas que o Senhor me fez.

Confiarei em Ti.


Mais um ano se finda e os projetos, sonhos e expectativas para o próximo ano são destaques em todo lugar.  Junto com eles também estão muitas dúvidas, receios, ansiedades e preocupações.  Nesta canção, Edson e Ana Feitosa, juntamente com o Pr. Marco Antonio Peixoto, nos trazem uma mensagem de encorajamento, fé e esperança.
A principal referência bíblica desta linda canção está em Mateus 6:25-34. Neste texto, o próprio Senhor Jesus, nos alerta a respeito das prioridades da vida. Já passaram-se quase 2000 anos e muitos ainda não aprenderam esta lição.  Esquecem de que tudo foi criado e ainda existe graças ao nosso Senhor (João 1:1-14). Ele É antes de tudo e tudo subsiste por Ele (Colossenses 1:16-20)
  Não podemos deixar que a ansiedade nos atrapalhe.  A pessoa ansiosa desiste antes mesmo de tentar, tem baixa auto-estima e se considera muitas vezes incapaz de realizar alguma coisa. Mas em Deus há uma palavra que faz um coração abatido se alegrar (Provérbios 12:25) e o louvar pela salvação que há na sua presença (Salmos 42:5).
Portanto não devemos nos preocupar com os desafios do amanhã e nem com aqueles que se colocarão diante de nós tentando atrapalhar e consequentemente nos desanimar (Isaías 41:10-13). Nossa confiança deve sempre estar no Senhor (Salmos 37:3-5) ele é o nosso refúgio (Salmos 31:1-5) e está sempre cuidando de nós (Isaías 58:11).
O nosso Deus tem o domínio e a soberania sobre o nosso futuro (Salmos 23) Ele nos guarda e sustenta (Salmos 3). Não adianta fazer planos que resultam no nosso bel prazer(Salmos 39:5-7), pois o propósito de Deus é sempre melhor (Romanos 8:28). Então amados, procuremos fazer a vontade de Deus e não a nossa (Tiago 4:13-15) , pois ele é poderoso pra fazer muito mais do que pedimos ou pensamos (Efésios 3:14-21).
Em qualquer tempo que eu temer, CONFIAREI EM TI!!!!!!!!!!(Salmos 56:3-13). E para você, amigo leitor , neste próximo ano, deixe a ansiedade de lado, confie em Deus! (Filipenses 4:6-8)



Ministério Vince - Som que vem dos céus

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A vida de um famoso





”Então, correu célere a fama de Jesus em todas as direções, por toda a circunvizinhança da Galiléia”. (Mc.1.28)

“Reconhecimento; evidência; notável; referência e destaque” são palavras geralmente usadas para traduzir fama.
No entanto, alguns termos mais agressivos e perigosos são constantemente usados como sinônimos para uma pessoa famosa, como, estrela; ídolo; ícone; símbolo; astro; rei; lenda; e até “deus”.

Minha intenção ao abordar este assunto é levar meus amigos e irmãos a refletir no quanto a fama pode representar algo perigoso que, mais cedo ou mais tarde, se volta contra quem se deixa seduzir por ela.

É importante reconhecermos que ficar famoso pode se tornar algo inevitável. É comum pessoas se tornarem famosas sem jamais terem desejado reconhecimento. Muitos, por conta de seu talento e habilidade acabam sendo reconhecidos.
Soube do caso de um guitarrista que se tornou mundialmente famoso desde que alguém o ouviu tocando do outro lado da parede do quarto onde ele, sozinho, estudava seu instrumento.

Porém outros vivem em busca da fama. Estes estão dispostos a tudo para serem notados e terem, como dizem alguns, “seu lugar ao sol”. Fazem pactos (até com o diabo), se vendem, abrem mão de valores outrora inegociáveis e passam por ridículo, com o fim de serem notados e reconhecidos.

O texto que lemos no início desta matéria nos mostra a fama de Jesus. No entanto, quando estudamos com cuidado a vida e obra de Jesus, vemos que ele jamais procurou ou desejou a fama.
Os irmãos de Jesus expuseram o que há no coração dos homens quando tentaram “fazer o marketing” do ministério do Senhor (Jo.7.3,4). Esta passagem é muito interessante.

Mas qual o problema em ser famoso? A fama não compensa os riscos que oferece? O que dizer sobre este tema?

Quero compartilhar algumas coisas que tenho percebido nos famosos. Desejo que você leia e peça a ajuda e proteção de Deus para que não se torne mais uma vitima do mundo da fama.

Como é a vida de um famoso?

Falsa sensação de importância
A fama corrói a humildade lentamente. O famoso se esquece de que é mais um e começa a pensar de si mesmo como um destaque ou até o único. Sentir-se o centro das atenções pode culminar no absurdo de sentir-se o “centro do universo”. Não duvidemos do ser humano...

Confusão nas relações
Solidão, afastamento dos verdadeiros amigos e assédio de relacionamentos superficiais e interesseiros são algumas crises que os famosos curtem em sua carreira.
Fiquei muito impressionado com a declaração de um artista. Ele dizia se inspirar num livro onde o autor afirma que uma pessoa deve se casar com a solidão se quiser tornar-se famosa.

Pesado e árduo trabalho de administração da auto-imagem
Como deve ser difícil não poder ser mais quem você verdadeiramente é! Ser diferente, chamar a atenção, lutar para não ser comum ou até viver oscilando entre o esplêndido e o ridículo são fardos que muitos famosos carregam. Em casos mais complicados este desconforto é “anestesiado” com cirurgias plásticas e outras coisas radicais.

Perda da privacidade
Privacidade é algo muito apreciado por todos os seres humanos. Creio que os recém famosos não concordarão comigo até que passe algum tempo e comecem a sentir saudades de quando podiam freqüentar lugares públicos sem importunação.
Constantes pedidos de autógrafos; pedidos de pose para fotografias; críticas (“boas” e “ruins”); fofocas; perseguições a familiares, etc., se tornam desconfortáveis com o passar do tempo. E dependendo do momento em que a pessoa esteja vivendo, este desconforto aumenta.

Comprometimento da saúde física e emocional
Ansiedade; depressão; stress; anorexia; obesidade; dependência química; insônia; dentre outras complicações de saúde são muito freqüentes entre os famosos. A fama exerce um peso progressivo sobre a pessoa até tornar-se algo insuportável.

Vulnerabilidade
O famoso geralmente se torna muito vulnerável. Quero pontuar 3 brechas que são abertas com a fama e que tornam o famoso vulnerável e desprotegido:
. Incredulidade
A pessoa famosa dificilmente permitirá que Deus decida algo por ela. O famoso “enlouquece” com a possibilidade de Deus interferir em seus planos. Normalmente um famoso só se lembra de Deus no que diz respeito à bênção. A opinião de Deus não importa. O que importa é sua bênção. Porém, este é o perfil de uma pessoa incrédula, impulsionada por sua independência.
Mas as coisas ficam muito mais sérias quando o famoso além de não crer em Deus pensa de si mesmo um “deus”. Atletas famosos chegam a ser denominados “deuses” de sua modalidade. Um baterista famoso chegou a dizer que seu “deus” eram suas mãos.
Este é o estágio mais lamentável da fama. A bíblia diz “maldito o homem que confia no homem e faz da própria carne o seu braço”. (Jr.17.5)
. A rápida subida
As tentações do pináculo e do alto monte são extremamente reais. Muito se tem comentado sobre o prejuízo a vida dos “precoces talentos do futebol”, que ainda novos e imaturos tornam-se ricos e famosos. Rapidamente torna-se evidente a falta de estrutura emocional e espiritual destes jogadores que perdem gradativamente valores preciosos à medida que sobem de vida rapidamente.
. O inevitável declínio
Se por um lado a rápida subida é prejudicial, o declínio é inevitável e também traz problemas consigo.
“Tudo o que sobe tem de descer”, diz um ditado.
Isto não se aplica apenas ao Senhor (Sl.103.19). Mas aos homens, é certo e um tanto óbvio.
A vida de um famoso pode ser comparada as “paradas de sucesso”. Ninguém conseguirá manter a primeira posição para sempre.
Onde estão certos famosos? Alguns, falidos, outros, sozinhos. Uns perderam a família, os amigos, a saúde. Uns perderam a fé; e outros, a vida.
Satanás continuará com seu comércio e sua oferta (Mt.4.8,9). Que o Senhor nos proteja! Que o Deus Todo Poderoso guarde nossa alma.

Indico a canção “Guarda-me” de nosso CD Frutos do Espírito 7 – Deus está no trono! Você pode ouvi-la gratuitamente em nosso myspace http://www.myspace.com/danielsouzafe7

Esta música é uma oração diante daquele a quem pertencem o reino, o poder e glória, para todo sempre! Amém!

Paz a todos!
No amor de Jesus, Daniel Souza


Fonte: http://www.danielsouza.com.br

sábado, 1 de dezembro de 2012

10 Dicas para um bom Ensaio Vocal

O ensaio deve fazer parte da rotina de todo ministério de música. Algumas pessoas tem uma visão fantasiosa a respeito dos músicos de sucesso supervalorizando a questão da INSPIRAÇÃO. Mas qualquer músico que se esforça para oferecer o melhor em seu ministério sabe que inspiração é importante, mas TRANSPIRAÇÃO é fundamental.

O ensaio é a hora da transpiração, de dedicar tempo e atenção para que a música na casa de Deus seja feita com qualidade. Já ouvi muitos comentários do tipo: "Nós ensaiamos tanto mas nada dá certo!" Talvez o ensaio não esteja sendo feito de forma eficaz e foi pensando nisto que resolvi indicar alguns caminhos para que você chegue no ponto que deseja. Vamos juntos!

1. REGULARIDADE - Procure fazer ensaios constantes, no mínimo uma vez por semana, isto é importante para integração musical e comunhão do grupo.

2. TEMPO - Uma duração ideal para um bom ensaio deve ser em torno de duas horas. É difícil conseguir resultados reais em menos tempo, se você quiser fazer um ensaio mais longo dê um pequeno intervalo para água e descanso, precisamos lembrar que a voz é um instrumento delicado.

3. PRESENÇA - A presença no ensaio deve se tornar obrigatória, não é justo que o grupo todo ensaie e no momento da ministração seja prejudicado por um "penetra" não é ?

4. ESTRUTURA - É importante ter um local específico para ensaio, um lugar quieto onde o grupo possa ter um pouco de privacidade. O ensaio vocal deve ser sempre acompanhado por um instrumento harmônico ( teclado, piano, violão, guitarra) que garanta a afinação do grupo.

5. ORAÇÃO - É verdade que ensaio é ensaio, não é hora de estudo bíblico e nem de orações sem fim, mas é importante orar no início do ensaio. Quando estamos trabalhando na obra muitas lutas se levantam precisamos lembrar que não é contra carne nem sangue que devemos guerrear. Efésios 6:10-18.

6. AQUECIMENTO - Pense na voz como parte de seu organismo. Quando você abre os olhos de manhã, logo pula da cama e sai correndo pelo quarteirão para se exercitar ??? Claro que não! Da mesma forma a voz precisa se espreguiçar, precisa acordar, precisa aquecer. Exercícios de relaxamento, de respiração e alguns vocalizes tem esta função na técnica vocal. O grupo, ou alguém do grupo, precisa investir em uma boa aula de técnica vocal.

7. MATERIAL VISUAL - Todo material escrito ajuda na memorização. Se souber escreva os arranjos, se não souber, registre ao menos a letra e acordes do cântico e distribua cópias. Peça que as pessoas anotem o que está sendo combinado: onde abrir voz, variações de dinâmica, repetições, etc.

8. MATERIAL AUDITIVO - Se você vai ensaiar músicas já registradas em Cd, leve a gravação para que todos ouçam o arranjo original. O desenvolvimento da percepção musical é imprescindível para o bom cantor.

9. ORGANIZAÇÃO - O ensaio precisa ter direcionamento, é bom que o repertório e o roteiro do ensaio estejam pré-definidos. A equipe deve ser agrupada com alguma lógica: homens e mulheres, por naipes (sopranos, contralto, tenor, baixo), ou da maneira que você achar melhor, mas faça desta divisão algo automático na cabeça do grupo.

10. PERSEVERANÇA - Tenha paciência e não desista. Medite em II Pedro 1: 5-8. O ensaio é uma semeadura, nem sempre colhemos os frutos instantaneamente, mas o nosso trabalho não é vão no Senhor!!!


Mirella de Barros Antunes, é Professora de prática vocal, teoria e percepção da ESTM. fonte: site Ronaldo Bezera
http://www.ronaldobezerra.com.br